25 de mar de 2009

Seminário de BIOBIO

Seminários-BIOBIO
Olá galera!

Como mencionado hoje na aula, a matéria de bioquímica e biofísica é dividida em quatro módulos (o do professor Fernando, da professora Egle e os dois últimos do professor Marcelo Hermes). No quarto e último módulo, vocês alunos deverão apresentar trabalhos de temas já mencionados (e que se encontram na ementa) no formato de painéis + blog (seminário) ou fazerem um grupo que apresenta só em forma de blog.

Os painéis são cartazes de papel de tamanho 120 X 90 cm, impressos em gráficas, que apresentam o conteúdo de maneira sucinta e bastante visual, com gráficos, tabelas e tópicos que guiam e ilustram a palestra do apresentador. A apresentação em forma de painéis foi introduzida na disciplina Bioquímica e Biofísica para que os alunos sejam avaliados de uma forma diferente, conheçam o formato de apresentação de trabalhos mais utilizado em congressos e ainda tenham um material de boa qualidade como apoio para a apresentação, para o restante da turma, dos temas de bioquímica aplicada. As apresentações serão gravadas e postadas no blog ( podcasts) com a finalidade de auxiliar o estudo para a prova de VouF.

Os alunos deverão escolher entre os dois tipos de seminário, que são:

a) Painel + BLOG ( seminário): vale 15% da nota total, os grupos deverão ser compostos por 4 a 5 integrantes (5 é o ideal). Cada grupo contará com a orientação exclusiva de um monitor ( aqueles que se apresentaram na aula). Ele será responsável por passar-lhes dicas, sugestões, informações e solucionar dúvidas. O conteúdo geralmente é extenso, devido à complexidade dos temas. Recomenda-se a divisão em subtemas e que cada aluno do grupo crie e apresente o painel da parte do seminário atribuída a ele. Assim, um painel é constituído, na grande maioria dos casos, por 5 painéis. Cada grupo terá aproximadamente 45 minutos para fazer sua apresentação, o grupo será responsável também por montar um blog onde todo o conteúdo referente ao assunto dos painéis será postado, além de curiosidades e artigos científicos referentes ao tema do painel.

b)Só Blog”: vale 10% da nota total, os grupos deverão ter 3 integrantes. Os temas serão de bioquímica clínica e aplicada (Exemplos: História da insulina, História da pelagra, óleo de Lorenzo, síndrome metabólica entre outros...) Também receberão orientação de um tutor, mas que não será exclusiva, havendo dois tutores para todos os blogs. Não serão feitos painéis ou apresentações orais para complementar o blog. A data de “entrega do blog” ainda será definida pelo professor Marcelo Hermes.

Os painéis e os blogs serão avaliados pela sua qualidade gráfica, pela clareza e dinâmica das explicações e pelo domínio do conteúdo. O grupo receberá uma nota de 0 a 10. Haverá também a nota individual de cada componente do grupo, dada pela porcentagem (de 0-100%) sobre a nota geral do painel e do blog. Os critérios avaliados serão os mesmos, só que de forma individual. Por exemplo, se o painel de Obesidade teve uma nota geral de 9,8 e um dos componentes do grupo obteve uma nota individual de 96%, ele ficará com 9,4 ao final.

INSCRIÇÕES E PROJETOS: Os painéis apresentados (seminários) dão mais destaque ao aluno, que tem mais tempo para expor e detalhar sua pesquisa, enquanto que nos grupos só de blog, os alunos terão somente esse meio de avaliação (sem apresentação oral do trabalho) e o peso do trabalho na nota final será menor.

* Para requisitar um tema, o grupo já previamente formado, deverá elaborar um projeto contendo uma breve explicação dos motivos para a escolha daquele tema, além de uma síntese do que pretendem apresentar no painel caso sejam selecionados. Lembrem-se que é um trabalho de Bioquímica e Biofísica e, portanto, os temas deverão ser abordados dentro da lógica da matéria. Cada grupo poderá escolher mais de um tema e elaborar a quantidade equivalente de projetos, mas deverá identificar um dos projetos como prioridade. Por exemplo, se os alunos se interessarem pela Bioquímica do Diabetes e pela Bioquímica da Obesidade, dois projetos deverão ser feitos, um do primeiro e um do segundo, sendo que é necessário registrar qual tema é a prioridade do grupo. Esses projetos devem ser enviados para o e-mail topicos_2001@yahoo.com, juntamente com o nome de todos os componentes, matrícula e curso. Nesse mesmo e-mail, um dos componentes deverá se apresentar como o representante e oferecer seus dados pessoais, como endereço de e-mail, telefone e celular ( para entrar em contato com os monitores). Os projetos deverão estar, obviamente, no mesmo e-mail, porém em anexos separados para facilitar a avaliação. Ao redigir os textos das propostas, é recomendado que se utilize fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento entre linhas de 1,5 e alinhamento justificado. O tamanho máximo de cada proposta é de 2 páginas, lembrando que se trata apenas de um projeto, não de uma parte do trabalho ou da pesquisa em si.

Os e-mails deverão ser enviados até o dia 02/04, quinta-feira, às 18 horas. Todos deverão receber uma confirmação de que o e-mail foi recebido até às 22 horas do dia 03/04. Caso não recebam, enviem novamente e aguardem. Não haverá exceções, portanto cuidado com o prazo! Estou colocando aqui um modelo de um projeto vencedor para auxiliá-los a compreender o que é esperado na proposta. Os pedidos serão avaliados pelos tutores, que são alunos, então não copiem projetos antigos (temos todos arquivados) e nem copiem textos da Internet, isso é plágio (é crime!).

TODOS OS GRUPOS (TANTO O DE SEMINÁRIO COMO O DE SÓ DE BLOGS) DEVEM MANDAR O E-mail COM O PROJETO, CASO CONTRÁRIO O ALUNO SERÁ INCLUÍDO NO GRUPO DE ALUNOS QUE FARÁ A PROVA DE V OU F VALENDO 30% DA NOTA TOTAL!

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE:

Todos os e-mails, sem exceção, deverão seguir a seguinte lógica:

a) O titulo do e-mail deve conter o tema do painel que o grupo escolheu. Se o tiver redigido duas propostas (sendo, por ex, a prioridade do grupo o tema obesidade e a segunda opção, diabetes) o titulo deverá ser: 1-obesidade 2-diabetes. Prestem atenção nisso, pois não abriremos e-mails que não estiverem neste formato.

b) TODOS os e-mails devem conter o representante do grupo. E não se esqueçam que o representante deve mandar junto seu e-mail e telefone para que o monitor possa entrar em contato como grupo.

E muito importante que vocês sigam essas orientações a fim de aperfeiçoar o trabalho dos monitores...

Exemplo de Proposta de projeto - Extremos da tolerância humana – 2008/1

A tolerância humana a diversas situações possui limites que quando não respeitados levam os indivíduos ao extremo de seus organismos. Saber os limites do nosso corpo é de relevante importância porque, se forem ultrapassados, podem implicar em danos irreversíveis e até mesmo no óbito. A resistência dos seres humanos a situações extremas varia de pessoa para pessoa e é influenciada por fatores genéticos, culturais, psicológicos e físicos. Apesar de ela ser variável, é necessária a compreensão a respeito dos comportamentos gerais dos organismos humanos para o melhor entendimento sobre os nossos próprios limites. Conhecer os sintomas de quando se chega ao extremo e como se deve comportar para evitar grandes perdas nessas ocasiões é de suma importância para a preservação da vida.

Temos como finalidade em nosso trabalho analisar a bioquímica envolvida nos corpos humanos em situações extremas, identificando as reações destes e os mecanismos de defesa para manter a vida. Pretendemos também abordar tipos de situações onde o organismo é levado ao extremo e seus desencadeamentos, apontando as diferenças de reações de pessoa para pessoa, quando serão identificados os fatores que fazem os indivíduos não se comportarem da mesma maneira.

Quanto às situações que apresentaremos em nosso trabalho, abordaremos a tolerância humana às drogas, conceituando overdose, explicando quais são as reações do corpo quando ocorre o abuso de substâncias químicas e qual a sua ação para manter a vida; trataremos sobre a resistência humana ao excesso de exercícios físicos, apontando o porquê de o nosso organismo não poder trabalhar excessivamente e qual o motivo de haver pessoas tão aptas e outras tão pouco adaptadas a situações extremas de esforço físico, ou seja, quais são as diferenças fisiológicas, genéticas, nutricionais e comportamentais entre esses indivíduos para que haja tal disparidade.

Um dos painéis apresentará os limites humanos nas mudanças extremas de condição ambiental (variação de pressão, hipotermia, hipertermia e hipoxia), explanando o que modifica em nosso metabolismo para que nos mantenhamos vivos, a sua correlação com a dor e qual a utilidade desta para o nosso organismo. Será abordado também o que ocorre no corpo para podermos sentir dor, ou seja, de onde vem, para onde vão (a que sistema cabe a modulação dessa resposta) e como se integram os impulsos ativadores dela; citaremos também, a diferença entre limiar de dor fisiológico e limiar de tolerância oferecendo exemplos para melhor compreensão do assunto.

Comentaremos também sobre o extremo da subnutrição e da falta de água para o organismo humano, abordando as suas conseqüências para os sistemas nervoso, imune, cardiovascular, gastrointestinal e respiratório, analisando do ponto de vista bioquímico as ações do corpo para suprir tais necessidades (tomemos como exemplo as vias metabólicas alternativas que o organismo acha para obter glicose) e, por fim, serão abordados os limites de estresse para um indivíduo, comentando até qual ponto ele é positivo e depois de passado esse ponto, até que ponto ele é aceitável. Trataremos também a respeito dos hormônios que estão relacionados com a ativação do estresse, qual a interferência do cortisol (um hormônio relacionado ao estresse) no sistema imunológico e a relação do estresse com o desenvolvimento de doenças como a obesidade, a gastrite e a pressão alta.
___________________________________________________________

Se quiserem visitar os blogs dos painéis do semestre passado:

http://biobio-unb.blogspot.com/2008/10/visitem-os-blogs.html

Renata (Chefe dos Monitores)

Nenhum comentário: