15 de set de 2006

Painel de Extremos

Vocês já sabem que têm de mandar seus pedidos para os painéis até o dia 18/09 segunda-feira. Como no semestre passado houve alguns problemas com os projetos para o painel de Extremos da Tolerância Humana, resolvemos explicá-lo melhor. Além do que o tema de extremos é bastante interessante, pois trata em alguns casos da superação de limites do ser humano.
Este painel aborda as variadas situações ambientais que trazem problemas para a vida humana. Os painéis dos semestres passados abordaram subtemas tais como: Altas e Baixas Temperaturas, Grandes Altitudes, Alta pressão (Mergulho) Desnutrição, Insônia e Baixa Gravidade. Vocês devem especificar os tópicos a serem abordados, geralmente um por pessoa num grupo de 5 pessoas, além de explicar um pouco mais a fundo cada subtema, mostrando alguns dos assuntos que pretendem apresentar em cada tópico como: sintomas, causas, principais atingidos, curiosidades. Eu sugiro que vocês dêem preferência aos tópicos já apresentados anteriormente, mas isso não significa que o tema esteja restrito a esses tópicos. Logo, novas idéias são bem vindas desde que estejam relacionadas à matéria. Lembrem-se de que o projeto não deve ser um livro, mas sim ter uma ou duas páginas.
Além disso, eu postei também o projeto vencedor do semestre passado para que vocês tenham idéia de como deve ser:
O organismo humano é um sistema muito complexo e tem como peculiaridade ser muito sensível. Diariamente submetemos nosso corpo a situações extremas como insônia, jejum, calor, frio que podem causar problemas irreversíveis e até levar à morte. Nesse trabalho serão abordados os principais temas relacionados aos Extremos da Tolerância Humana. Apresentando as causas, sintomas, tratamentos, dando enfoques específicos de cada subtema.
A hipotermia é um dos subtemas que pretendemos apresentar. Nossa temperatura central deve ser mantida rigorosamente entre 36,5o C e 37,5o C. Além desse limite inferior surgem vários sintomas, desde arrepios e tremores, até a morte, caracterizando a hipotermia. Esse problema acomete militares, navegadores oceânicos, equipes de resgate, caçadores, esportistas, aventureiros... Por isso é necessário saber quais são os problemas relativos aos efeitos dessa baixa temperatura sobre o organismo, bem como suas conseqüências, sintomas, formas de resistência, prevenção e tratamento.
Outro aspecto relevante sobre Extremos da Tolerância Humana é a altitude. O "mal de altitude" pode ter conseqüências irreversíveis tais como o edema pulmonar e o cerebral. Dores de cabeça intensas, náuseas, fadiga e insônia são sintomas clássicos que afetam a maioria das pessoas durante as ascensões. Nesse subtema, abordaremos os principais efeitos fiscos e até mesmo psicológicos que podem afetar o ser humano em relação às mais variadas altitudes. Serão tratados assuntos relacionados aos sintomas, efeitos imediatos, problemas graves que são acarretados pela altitude e as causas principais que levam à morte. Além da prevenção necessária, dos treinamentos específicos e alimentação que deve ser ministrada antes de uma ascensão. Também serão abordados os efeitos e problemas que a pressurização em aviões pode causar em seres humanos.
Os efeitos fisiológicos e psicológicos da insônia são inúmeros. A apneia do sono ao extremo provoca doenças e distúrbios na completa sanidade psicológica do indivíduo que podem comprometer grande parte de suas atividades. Horas de sono bem aproveitados são, portanto, essenciais para a saúde do indivíduo e indispensáveis à sua vida, visto que são responsáveis pela renovação de algumas células do cérebro e outros diversos sintomas do corpo, fazendo com que esses funcionem eficientemente. Esses temas serão tratados no subtema insônia.
Pretendemos também mostrar quais são os efeitos proporcionados por grandes profundidades, por exemplo, em situações como a prática de mergulho. Pois a pressão ao redor dos corpos aumenta extraordinariamente. Essas altas pressões podem provocar diversas alterações na fisiologia corporal e podem ser letais, exigindo certa atenção.
Um dos extremos da condição humana que também vamos abranger é a desnutrição. Ela é uma questão presente em todo o mundo, porém concentraremos nossos estudos somente no Brasil. Diferentemente do que se pensa ela também pode ser causada por alimentação excessiva. Vamos estudar também os tipos, os efeitos no corpo humano e as doenças relacionadas e intensificadas por ela.
Para concluir, sabemos que o homem a qualquer momento pode estar submetido a alguma condição especial seja ela uma opção, ou problema social, geográfico ou nenhum desses aspectos. Mas ele sempre buscará desafiar os limites da natureza e para isso é preciso estudar e compreender até onde o organismo humano suporta.

Nenhum comentário: