25 de nov de 2011

Watch 'n' Ask!

Olá, pessoal!!!!
Parabéns aos grupos de DIABETES e OBESIDADE  pelas ótimas apresentações!! (:
Bom, o trabalho continua! Agora é a hora de responder as perguntas feitas pelos outros grupos.
Lembrem, vocês tem 5 dias a partir de hoje para responder, ou seja, até o dia 30-11-2011, quarta-feira.

Para o grupo de DIABETES:

Do grupo: Abobrinhas da mídia
-Sabe-se que andrógenos têm capacidade de reduzir a ação da insulina in vivo, através dessa informação é possível que estrógenos e andrógenos induzam a insulina-resistência?

Do grupo: Envelhecimento
-Atualmente, um assunto bastante veiculado na mídia é o uso do medicamento Victoza (liraglutida). Sabe-se que essa sustância tem ação análoga ao GLP-1 (glucagon like peptide), o qual (como o próprio nome indica) possui ação semelhante ao glucagon. Esse fármaco é usado para o tratamento de diabetes melitos tipo II, estimulando a liberação da insulina. Como é possível que uma substância com ação análoga ao glucagon estimule a secreção de insulina (o que seria aparentemente contraditório considerando a dinâmica da regulação metabólica)?

Do grupo: Neurotransmissores
- Até que ponto o diabetes pode comprometer o desempenho de um atleta profissional?



Para o grupo de OBESIDADE:

Do grupo: Nutrição
-Como a adipocina age no hipotálamo? E qual sua relação com a obesidade?

Do grupo: Hipertensão
-Vocês comentaram o efeito crônico da obesidade nas concentrações de leptina. E em curto prazo? Quais são os efeitos agudos de uma alimentação hiperlipídica e hiperglicídica nas concentrações dos hormônios citados na apresentação?

Do grupo: Corticóides
-Já que a liraglutida é um análogo do GLP-1, que significa glucagon-like Peptide, qual é o processo que diferencia sua ação para que a reação do organismo seja a contrária do esperado, tendo em vista que o glucagon é diabetogênico e a liraglutida age diminuindo os níveis de glicose no sangue?


Vamos lá, pessoal!!! Está acabando!


Nenhum comentário: